Cultura do Reino – Diário de Bordo 9 – Seguir em frente…


Não importa a idade que você tem, o que aconteceu no passado, as lutas que você perdeu ou venceu, as dificuldades que enfrenta… o que importa, na verdade, é como lidamos com cada uma dessas situações e tantas outras que tivemos em nossa história.

Perdas e ganhos, sempre vão acontecer… mas como vamos lidar com isso?

A melhor forma é seguir em frente… sim, seguir em frente… mas antes, é preciso deixar para tras o peso do passado, porque ele, o passado, pode acabar sendo como uma âncora presa no fundo do mar e que nos impede de sair do lugar…

Perdoar quem nos trouxe mágoa ou dor, é uma das formas de liberar essa âncora, de soltar as amarras desse peso… porque quem perdoa, além de libertar o agressor, ainda consegue ficar livre para avançar…

Seguir em frente pode ser a decisão mais difícil de nossas vidas. Podemos ter 12 ou 13 anos, 40 ou 46, 70 ou 85 anos… não importa a idade ou experiência de vida que tivemos, a decisão de seguir em frente pode ser muito difícil… mas é preciso…

O passado tem que ficar em seu lugar na história, precisamos viver o presente tomando decisões para abençoar nosso futuro… pode parecer clichê (e até é), mas essa é a forma correta de avançarmos em direção a uma vida plena em nossas vidas…

Jesus nos ensinou estes princípios, quando nos disse em Mateus 11:28: “Vinde a mim todos os que estais cansados de carregar suas pesadas cargas, e Eu vos darei descanso.” E é isso mesmo que Ele espera… precisamos deixar nossos fardos, nossas pesadas cargas nas mãos D’Ele… O peso do passado (da vida que tivemos ou como a vivemos, das decisões que tomamos ou evitamos tomar, dos erros que cometemos, e tantas outros caminhos que trilhamos), precisa ser deixado, em fé, nas mãos de Jesus.

“Tomai vosso lugar em minha canga e aprendei de mim, porque sou amável e humilde de coração, e assim achareis descanso para as vossas almas.”, continua Jesus em Mateus 11:29. O passado e tudo o que ele representa, todo o peso da âncora que nos prende e não nos deixa navegar no mar da vida plena, deve ser colocado em Jesus, para que possamos encontrar, no amável e humilde de coração (que é Jesus), o descanso que precisamos para nossa alma. Porque, como Ele bem disse (no versículo seguinte): “Pois meu jugo é bom e minha carga é leve.” (Mt 11:30).

Faça isso… entregue-se a Cristo e deixe todo o peso do passado… liberte-se da âncora que te prende, entregando teu passado a Jesus, para que possa navegar no mar da vida plena… e com o barco da sua vida livre, se não houver vento, reme… mas reme, a todo o momento, em direção a Cristo…

Rodini Netto, servo…